segunda-feira, 14 de julho de 2008

Flavia, sorriso roubado

Esta foto de Flavia é recente e hoje ela está com 20 anos, 10 passados em coma vigil. Como já expliquei em posts anteriores, no coma vigil a pessoa abre os olhos durante o dia e os fecha à noite para dormir, mas está em coma. Não interage com o meio ambiente e é dependente de todos pra tudo. É assim que está Flavia. Aquele sorriso lindo, gaiato, que ela ostentava em todas as fotos, lhe foi roubado há 10 anos. Os culpados? Seguem na IMPUNIDADE, enquanto a justiça segue em sua habitual LENTIDÃO, e com isto, acaba por beneficiar os réus e punir a vítima. Flavia.

O poema deste post foi escrito para Flavia, por Ana Martins, autora do blog AVE SEM ASAS, de Portugal. Ana também é colaboradora do blog português, A VOZ DO POVO. Ana, já li inúmeras vezes seu lindo poema para Flavia. Vou ler muitas vezes mais. As palavras Ana, aquelas de amor e afeto, de apoio, de solidariedade, se não nos tiram as dores, certamente as tornam mais suportáveis. É como você diz aqui: As palavras "libertam o inconformismo".

Inconformismo é o que sinto por ver Flavia vivendo à margem da vida, inconformismo por ver que os "predadores dos sonhos de Flavia" vêm se esquivando há mais de 9 anos, de suas responsabilidades e apresentando recursos e mais recursos ao processo judicial que movi contra eles, com a clara intenção de ganhar tempo e fazer com que o acidente que roubou a vida saudável e o sorriso de Flavia, caia no esquecimento. Mas é também este inconformismo que me move - apesar de nossa lenta justiça - a continuar lutando pelos direitos de Flavia e pela condenação exemplar da empresa JACUZZI DO BRASIL, AGF BRASIL SEGUROS e CONDOMÍNIO JARDIM DA JURITI.(Av.Juriti, 541 - Moema - São Paulo), os réus do processo de Flavia.

EU SEI FLAVIA.

Eu sei Flavia,
Que as palavras
São desabafos,
Estados de alma
Transcritos, aliviados.

Eu sei Flávia
Que as palavras
Não tiram as dores,
Não são remédios do corpo
Mas acalmam o espírito
E embalam o sono.
Eu sei Flávia
Que com palavras
Não te posso curar
Mas liberto o meu inconformismo,
Tento aclamar por Justiça
Talvez minimize a tua dor interior,
Dê mais sentido à tua vida.

Eu sei Flávia
Que os predadores dos teus sonhos,
Aqueles que te roubaram o sorriso,
Os fundadores do teu sofrimento,
Tentam omitir seus erros,
Sonham apressar o tempo,
Calar a voz da razão,
Implantar o esquecimento.

Mas também sei Flávia
Que as palavras
Estremecem a alma e a mente,
Dão mais calor à vida,
Transportam emoções
Encorajam-nos, dão-nos força
E elegem razões.

E é por isso Flávia
Que não podemos desistir
E acredito que um dia
Justiça se fará
E a tua história
Não mais morrerá.

Para Flávia, a menina que do outro lado do oceano,conquistou o meu coração.
Escrito a 2 de Julho de 2008

Ana, MUITO OBRIGADA por este poema para Flavia- tão bonito e tão verdadeiro.

Aos nossos leitores o nosso muito obrigada pela visita, pela atenção, pela divulgação.

Até o próximo post.

51 comentários

Fatyly disse...

Sabes Flávia o mundo em teu redor cresceu, tu cresceste mas não dás por nada.
A tua mãe é o teu pensamento
A tua mãe é a tua voz
A tua mãe é o teu andar
A tua mãe é o teu porto seguro

onde pela incúria de alguns fizeram que tu retornasses ao seu útero, onde és mimada, cuidada, amada, alimentada e

todos nós somos as lanternas e cajados onde a tua mãe se agarra e encherga o caminho da luta pelos seus direitos.

Sabes Flávia, já és nossa
Sabes Flávia, como gostamos de ti
Sabes Flávia, que enquanto eu tiver internet usarei todas as ferramentas para que o processo judical tenho o seu fim

Para que tu, a tua mãe e o teu irmão, de mãos dadas com todos nós possamos dizer finalmente; fez-se justiça.

Um beijo Flávia, aquele que não sentirás, ou será que sentes...ninguém sabe porque por vezes a ciência também não sabe, mas eu sei que gosto muito de ti e de todos os que te amam e por isso peço que tenham força e coragem para irmos em frente.

Fatyly disse...

e li em voz alta para ti este magnífico poema de Ana:)

Maria Clarinda disse...

LINDOOOOOOOOO!
Flávia...um sopro de vento no teu rosto, pois como sempre digo tu sabes que ele é um beijo meu!
Jinhos muitoooooos.

Ciça disse...

Odele e Flávia,
Que Deus lhes dê força e luz sempre. Para que Odele continue sempre companheira, protetora, mãe. E para que a Flávia possa voltar a sorrir novamente.

Paula Raposo disse...

Um poema muito bonito para Flávia! Faço das palavras da Ana, as minhas, também. Para que a justiça seja feita a quem te roubou o sorriso de menina. Muitos beijos para vós todos.

Maria Dias disse...

Oi querida Odele,

É impressionante como Flavia é bela vista daqui,mesmo adormecida por tanto tempo.E já se vão 10 anos...Flavia já é uma jovem de 20 anos!10 anos de impunidade!Que vergonha!Sem nem palavras para comentar sobre...
Linda poesia esta de Ana Martins que voa por sobre o oceano e chega suavemente até Flavia como num beijo afetuoso...

Odele um forte abraço querida e um doce beijo em Flavinha!Que tenham uma semana de paz!

Valéria ♡ disse...

Vc é uma mãe-coragem... Manterei minhas orações para que tua luta pelo restabelecimento de Flávia traga bons frutos e para que 'nossa' luta contra a impunidade transforme o Brasil (e o mundo) num lugar melhor pra se viver.
Eu acredito (numa eterna confissão de fé) que podemos mudar as coisas... que podemos transformar estes mundo, e sei que um dos caminhos é este: botar a boca no trombone, denunciar as injustiças, denunciar o pouco caso com que a vida humana vem sendo tratada...

redonda disse...

Parei para deixar um beijinho para si e para a Flávia. Venho aqui de vez em quando, e muitas vezes em silêncio, mas não as esqueço.
Gábi

peciscas disse...

Que mais posso fazer do que deixar aqui palavras?
Qu mais posso fazer do que me juntar à corrente de amor que nos une a Flavia e a ti?
Que mais posso fazer do que subscrever as palavras de quem já falou?
Que mais posso fazer do que me indignar perante a incúria, a insensibilade, a deshumanidade de que foi responsável pelo roubo desse sorriso gaiato e contagiante que era o dessa menina?
Que posso fazer mais do que deixar palavras?
Pudera eu fazer mais!
Pudera eu castigar os culpados.
Pudera eu devolver o sorriso à bela Princesa adormecida!
Pudera eu fazer regressar a felicidade a esta pessoa bonita e exemplar que é a Odele!
Pudera eu!

Fernanda Cristina disse...

Oi Odele!!!
Estive por aqui e adorei ver a fotinho de Flávia. Aliás, estou te escrevendo a pedido dela que quer lhe dizer como a Flávia é linda!!!! E este poema então? Maravilhoso!!!!
Estamos com vcs!!
Beijos!

Ana Martins disse...

Querida amiga Odele,
mil vezes obrigada por este presente tão lindo, ( a fotografia de Flávia hoje uma Mulher ), continua tão linda como em criança, falta-lhe o sorriso e o brilho de felicidade no olhar e é isto que me doi e revolta.
Fico muito feliz por saber que lê a Flávia o poema que fiz pra ela e só desejo que todos juntos, nos façamos ouvir, já são mais que horas da justiça acordar e quebrar o silêncio que à 10 anos vem mantendo impunes aqueles a quem chamo predadores de sonhos. Já não basta a vida que vos roubaram, sim porque a Flávia privaram de crescer e ser feliz,e a si Odele roubaram a felicidade de ver sua filhinha crescer alegre e saudável.
A ti Flavinha quero dizer que és uma princesa, uma bela adormecida e que rezo para que um dia possas acordar para o amor e para a vida. Um beijo do tamanho da distancia que nos separa para vocês.
Ana Martins

maristela disse...

Odele. Li estes dois últimos posts sem tomar fôlego, porque a foto de Flávia me diz que não é real que ela está e vai ficar assim, que tem de haver alguma coisa chamada milagre ou sei lá o quê que seja superior à justiça de gente mesquinha que acha que está livre de, um dia, passar por alguma situação semelhante ou quem sabe pior.
Ñão dá pra gente se conformar com essa indiferença absurda de quem tem o poder para ao menos remediar o que provocou tanta dor.
O que esta gente tem a ganhar, Odele?
Qual a razão de tanto radicalismo?
Não é gente quem age assim!
Nem bicho, porque bicho não tem a noção da maldade.
Desculpa o tom, mas é muita maldade consagrada pela "lei".
bj, amiga

Arte Autismo e www.arteautismo.com disse...

Odele, ao ver o rosto da menina-moça aqui pela primeita vez ,senti um misto de grande admiração por voce Odele.
Como voce cuida bem desta linda moça!
Dez anos se passaram e voce nunca se cansou e nunca se cansará de cuidar dela.
Seus algozes precisam ver esta determinação de uma mãe que não vai se calar. Porque calar significa Não cuidar de Flávia e voce Odele Nunca o fará.
Senhores Juízes do Supremo. O que esta mãe lhes pede?
Justiça plena!
E ela significa vida digna para esta menina-moça que está aqui.
Flávia também é forte determinada viver.
Olhem para esta lida moça que lhes pede justiça por terem lhe roubado estes dez anos de vida saudável.
Flávia é uma menina-moça que merece consideração e respeito. Isto significa justiça!
Flávia para voce deixo meu carinho com um beijo muito terno neste teu rosto tão lindo.
Parabéns mamãe Odele por tua luta.Nunca desanime!
Beijos
Ray

Wladimir disse...

Caríssima Odele

Que luta, hein? Não sou bom em palavras carinhosas, como tantos te oferecem. Então, vou te dizer: indignação, é isso que me vem à cabeça lendo teus textos e vendo a Flavia, muita indignação. Mas o pior é essa sensação de impotência diante da canalhice...

Leila disse...

Queridas Flávia e Odele, a nossa força está no falar de esperanças, pelo menos no tocante à Justiça. É custoso, mas não impossível que, ao ler sobre a luta de vocês, um juiz não fique com o coração tocado. Todos esperamos assim.
Meu beijo para as queridas amigas.

heliojumeudoce disse...

Querida Flavia, numa busca da Net, encontrei o teu blog e fiquei impresionada, mas ao mesmo tempo revoltada e muito triste.
Ao ver a tua carinha doce, nota-se o quanto tu és linda e que o teu sorriso era belo doce e terno.
Imagino a dor dos teus pais, mas cerio que Deus lhes dá muita força para continuarem a viver por ti.
Um dia sei que Deus te vai fazer acodar desse coma, e iras voltar para os teus pais, tenho Fé.
Desejo muita saude aos teus pais, e que tenham muita força e fé.
Deus é o nosso melhor alimento e amigo, por isso nao percamos a fé.
Um beijo de ternura para uma menina linda.

heliojumeudoce disse...

Estas tão longe
Mas ao mesmo tempo tão perto
Peço a Deus que te devolva o sorriso
E que castigue quem te deixou assim
Que a justiça seja feita.
Eu sou de portugal, o meu blog esta restrito mas se me der o email poderei faze-la leitora dele, pois tenho la textos lindos que nos fazem pensar...
Um beijo para ti meu doce anjo flavia...

heliojumeudoce disse...

Querida Odele, continuei a ler os seus post, e a cada um que leio fico mais revoltada, em como a Justiça Brasileira é tão injusta.
Fiquei com vontade de gritar ao mundo o caso da sua querida Flavia, vou dizer a todas as pessoas que conheço e vou divulgar este blog tão puro lindo e belo.
A essencia do seu amor de mãe a sua dedicação, são a maior forma de amor vista a face da terra.
Hoje já vou postar no meu blog a História da sua linda menina.
Obrigado por existirem pessoas como voces duas, obrigado
Muita força, assim que puder leia a mesg que vou deixar no meu blog para a Flavia.
Um abraço da Ju

Odele Souza disse...

Ju,

Gostaria de ver o post que você diz que vai fazer sobre Flavia, mas seu blog está restrito e não me permitiu entrar. Para o caso de você permitir a minha entrada, o meu e-mail está na barra lateral deste blog. Obrigada e um abraço.

heliojumeudoce disse...

Muito obrigado pela sua mesg no meu blog. Para ouvir a musica tem que percorrer tudo para baixo e no slide que tenho la de fotos por cima tem o coiso de som, clika la e fica desativo, e dp pode ouvir a bela musica que deixei para voces.
Dp leia os mues post, e um pouco de mim. Faz-me bem ajudar os outros e voces fazem-me bem...
Um xi gande...

Gabriella disse...

Puxa!! Tadinha da Flavia Odele!!!
=/

Eu jah to triste ainda mais agora!!
Li a historia dela todiiinha!

Melhoras pra ela ok??

Bjks

Rosamaria disse...

Odele
Embora eu não venha aqui com a freqüência que gostaria, podes ter certeza que a Flavinha está sempre, todos os dias, em minhas orações.
Muito bonito o poema que a Ana fez pra ela e que retrata o que todos nós sentimos.
Um beijo enorme pra ti e pra Flavinha.

heliojumeudoce disse...

Bom dia querida Flavia e Odele, queria saber se consegui ouvir a música que deixei para o meu doce..???
Ontem Pedi ao senhor por ti meu doce, pedi que te traga para junto de tua mãe e irmão...
Um beijo do tamanho do mundo para a Odele e Flavia

aline disse...

BOM DIA...FIQUEI IMPACTADA AO VER O DESCASO DA NOSSA "JUSTIÇA", MAS MUITO FELIZ AO VER UMA MÃE TÃO BATALHADORA...SAIBA QUE A PARTIR DE HJE VCS FAZEM PARTE DAS MINHAS ORAÇÕES...UM BJO CARINHOSO À FLAVIA...QUE APARTIR DE HJE APRENDI AMAR...DEUS ABENÇÕE VCS!

Tania Maria disse...

Odele:

Hoje por acaso vi seu blog. Parabéns, você é uma guerreira!!!Também sou mãe e entendo este amor. Obrigada por nos alertar para este perigo tão próximo para nossas crianças. Continue independente de qualquer critica. Aonde puder contar esta história, e fazer propaganda negativa da Jacuzzi farei!!!
Apenas uma coisa, o seu ex-marido te ajuda nos cuidados e carinho com a Flávia? Pois você fala tão pouco nele que eu achei que você fosse viúva.
Que Deus abençõe vocês!!! Que menina linda!!!

Um grande abraço!!

Andrea Tikhomiroff disse...

Odele, descobri seu blog há algum tempo, mas apenas hoje consegui falar sobre ele no meu... Se quiser visitar: http://andreatikhomiroff.blogspot.com/

Beijos!

Odele Souza disse...

Tania Maria,
Obrigada por sua visita e comentário no blog de Flavia. E se puder, fale sim, com outras pessoas sobre o perigo dos ralos de piscinas. Ao fazer isto você estará colaborando para que outros acidentes parecidos com este ocorrido com Flavia, possam ser evitados. Quanto à pergunta que você me faz, não vou respondê-la pois reservo-ne o direito de não falar sobre minha vida pessoal, entre outras razoes, porque isto em nada agregaria à minha luta pelos direitos de minha filha. Espero continuar a merecer suas visitas e comentários - dentro do foco deste blog: Lentidão da justiça e o perigo dos ralos de piscinas. Um abraço.

Cris disse...

Oi Odele!!! Acabei de conhecer o blog de vcs...e estou indignada, como não poderia deixar de ser...indignada pq eu nunca pensei em perigo em ralos de piscina, indignada pq o processo depois de 10 anos ainda tramita sem ponto final e ainda mais indignada pela menina linda q a Flávia é, estar na cama por negligência dos outros. Sinto mto pelo o que vcs têm passado...fiquem com Deus, sempre! Bjos afetuosos

Rosi disse...

Flávia
Um beijo bem doce na sua bochecha.
Que Jesus te abençoe.

Rosa disse...

Odele

Fico muito feliz em ler o poema de Ana Martins para FLávia. Emocionou-me
pois a história de flávia acompanha-me dia a dia . Mostrei o blog para minhas filhas e elas ficaram muito sensibilizadas. querem saber de tudo sobre Flávia e estão sempre perguntando.
Como disse Ana, quero que voce transmitea a flávia minhas palavras de afeto e carinho.Também penso que palavras podem curar, senão ditas, ao menos escutadas.
Flávia nossa pequena grande menina. vives em seu mundo e não sabemos o que vês e o que ouves.Saiba que quem conhece tua história não deixa de rezar por ti. Assim sendo, peçamos a Deus e a todos os anjos que lhe protejam e lhe dêem a paz que necessitas para viver feliz da forma como vives.Beijos de Rose, Rafaella e Iriana.
F

Andrea Tikhomiroff disse...

Correção feita! Obrigada pelo alerta e desculpe a falha... realmente havia entendido ou guardado errado... Agora está ok!

Beijo!

Michelle disse...

Querida Odele, imagino sua dor, e sua revolta com essa justiça q está cada dia pior, e por isso as coisas continuam acontecendo, pq aqui todos ficam impunes, menos uma pobre criança inocente q ñ tem nada a ver com a irresponsabilidade d marmanjos e destroem a vida ñ só desse inocente, me sim tb d uma familia, principalmente da mãe q sempre criou com tanto amor e cuidado.
Graças a Deus vc pode ver sua filha todo dia, mas sou mãe tb e imagino o quanto isso deve te doer, em ver sua linda princesa sem nada fazer, e vc tb nada poder fazer, aliás continua dando muito amor, mas sei q vc gostaria d mais.
Temos q acreditar na justiça divina, pq a humana ñ tá valendo d nada, se Deus quiser quem é culpado e os q fizeram pouco caso vão pagar muito por isso.
Desejo a vc muita paz, q os dias de vcs sejam cada dia melhores e q Deus abenções muito vcs, e cuide d todos nós pq nesse mundo precisamos é muito dele.
Se precisar conversar, e passe seu msn q te add. MEu e-mail pra respostas é mimicaroline@click21.com.brBjs em seu lindo coração.

Michelle disse...

Querida Odele, imagino sua dor, e sua revolta com essa justiça q está cada dia pior, e por isso as coisas continuam acontecendo, pq aqui todos ficam impunes, menos uma pobre criança inocente q ñ tem nada a ver com a irresponsabilidade d marmanjos e destroem a vida ñ só desse inocente, me sim tb d uma familia, principalmente da mãe q sempre criou com tanto amor e cuidado.
Graças a Deus vc pode ver sua filha todo dia, mas sou mãe tb e imagino o quanto isso deve te doer, em ver sua linda princesa sem nada fazer, e vc tb nada poder fazer, aliás continua dando muito amor, mas sei q vc gostaria d mais.
Temos q acreditar na justiça divina, pq a humana ñ tá valendo d nada, se Deus quiser quem é culpado e os q fizeram pouco caso vão pagar muito por isso.
Desejo a vc muita paz, q os dias de vcs sejam cada dia melhores e q Deus abenções muito vcs, e cuide d todos nós pq nesse mundo precisamos é muito dele.
Se precisar conversar, e passe seu msn q te add. MEu e-mail pra respostas é mimicaroline@click21.com.brBjs em seu lindo coração.

heliojumeudoce disse...

Bom dia Flavia e Odele! Que o vosso dia seja abençoado com todas as dadivas do cêu...
Que seja mais um dia colorido de sol e muito amor, que a vossa dor se tranforme em penas de amor e que os teus ouvidos Flavia, só ouçam palavras doces e de carinho.
Não precisa de agradecer os post que pus da Flavia, porei esses e muitos mais.
Tenho que alertar as pessoas para a vida e que se deixem de futilidades e dêem mais valor ao sofrimento alheio.
Sabe odele ainda existe muita gente egoísta, que não pensa nem vê o sofrimento do outro, e isso revolta-me.
Como deve ter lido no meu blog sofro de Fibromialgia, e sei bem o que é as pessoas se esquecerem de nós.
Sei que muito não posso fazer para minimizar o vosso sofrimento, mas omenos digo o que penso e expreso todo o meu carinho por voces e pela Flavia.
Que as minhas palavras sejam tocadas como uma flor na vossa alma, que o meu carinho por voces seja como o das flores que inunda tudo e todos...
Um xi gande e um beijo... Para o meu Doce e ara voce...

Graciela disse...

ODELE MI TESORO, qué bella está y cómo ha crecido!!!, hermosa mi ángel. Me he quedado mirándola, mirándola, tiene la edad de mi Carla. Como tú dices ella está muy bien cuidada, no tiene escaras que son muy peligrosas, tu trabajo de acompañarla por tantos años es muy beneficioso para ella. Mira AMIGA si mi Flavia lucha por vivir desde hace 10 años, debe estar luchando para volver a hablarte, besarte YO LO CREO ASÍ mi tesoro. No ha abandonado la lucha!!!.
Estoy muy emocionada de verla, hermosa, una pequeña mujercita, le he puesto besitos en su rostro y mis deseos son que tengan las dos bienestar, paz, los besos y los abrazos enormes!!!!

Zé Povinho disse...

Passei para cumprimentar e li o poema da Ana, naturalmente. É muito lindo.
Um abraço do Zé

Maria Dias disse...

Oi Odele querida...

Passando para desejar-lhes um dia de paz e luz para Flavinha!

Beijos no coração!

Águas da Vida disse...

Querida Odele, que sorriso angelical de Flavinha, transmete uma paz interior e ao mesmo tempo dor por nos sentirmos incapazes pelo seu estado.
Lindo poema querida.
Big Kiss

sol poente disse...

Odele
É demasiado sofrida esta dor tão igual a si própria na sequência de dias em que a justiça demora e (quem sabe?) talvez não queira vir.
Mas nós não nos calaremos e o nosso grito de tão fundo há-de ser ouvido e há-de fazer eco pelos 4 cantos do mundo.
E não deixaremos impunes os responsáveis pelo sorriso e vida roubados a Flávia.

Beijos

Campanita de BarZaires disse...

Odele me ha emocionado ver la imagen de Flavia, ya que la que tengo en mi mente es la de hace 10 años, me gustaria tener las palabras precisas pero no las encuentro, solo puedo decirte que me acuerdo mucho de vosotras, y daros un beso enorme a las dos.
Os quiero.

Paulo disse...

Flávia
Venho deixar-te um sorriso, também roubado pela adversidade da vida. Aos poucos, e com a ajuda de tua mãe Odele, todos vamos voltando a sorrir, por nós, e por ti, por não te ser possível.
Estou aqui sempre, nunca te abandono, pois em ti tenho a maior fé, a maior esperança e aquela amizade eterna, que começou para não mais acabar.

Claudia Pit disse...

Oi Odele, fiquei muito emocionada ao ver a foto da Flávinha, sei que pra Deus nada é impossivel e tenho fé que verei uma foto dela sorrindo ao teu lado, comemorando a maior vitória de todas, a vida!!
Querida, obrigada por me alertar sobre a autoria da foto em meu post... Penso como você, mas nem sempre as imagens chegam a mim com os créditos devidos.
Estou providenciando mudanças e darei os créditos a Isabel,ok
Obrigada
Deus vos abençoe
bjo

Águas da Vida disse...

Indiquei o blog de Flavinha para receber um lindo premio, passa la no aguas da vida para ver como funciona.
Big Kiss

Ana Martins disse...

Queridas amigas Odele e Flávia,
passei para deixar um beijinho cheio de carinho pra vocês.

Anônimo disse...

Odele querida. Com este lindo poema, possamos ter ainda mais força para continuarmos a história de Flavinha e "alertarmos", os que não conhecem sua história de luta, dor, ... enfim ... muito AMOR! Abraços à você, Fernando e Flavia (muitos beijos adocicados à ela.)
Eliana - Mogi Guaçu -SP.

Isabel-F. disse...

Esta foto de Flávia está linda e o poema da Ana (que já tinha lido) é maravilhoso ... uma linda homenagem que a Ana vos fez ...


beijinhos

Fa menor disse...

Lindo poema!
Faz estremecer...

Beijinhos sentidos

addiragram disse...

Nenhuma justiça devolve a Vida,mas a injustiça permanente tira,dia a dia, um pouco dela,a todos que acompanham Flávia.

AnneVNN disse...

Não tenho palavras para descrever o quanto mexeu com o meu coração a história da Flávia. O que é lindo nesta história e o amor de sua mãe Odele; enquanto muitas mães com seus filhos perfeitos os abandonam em meio a esse mundo assustador, sem nem mesmo se dar contar das coisas e das pessoas ruins em que neste mundo há; Como aqueles que são responsaveis pela sua falta dignidade de ter sua vida sem dependêcia de terceiros.É lastimavél saber que algumas pessoas não se preocupam com o próximo e tambem não se responsabilizam pelos seus atos e seus erros. Assim derrepente, interrompem,invadem e mudam a vida de uma pessoa e nem se quer são punidos por isso.

Flor disse...

Perante um poema tão bonito, tão sentido, o que posso comentar?

Apenas deixo as lágrimas rolarem...

Também amo a Flávia... essa menina que tem conquistado tantos e tantos corações...

Flor

Gabriela disse...

Olá, Odele! Fiquei super comovida com esse blog, acabei de descobri-lo. Ao mesmo tempo que me bateu uma tristeza, incomformação, me deu também uma espécie de alegria ao saber que há tantas pessoas que lutam pela sua causa, pela causa da sua filha.
Quero ser uma dessas: meu blog é um brechó, mas vou adicionar o selo da blogagem coletiva a ele, pois mais importante que qualquer comércio vem as causas humanitárias.
Se quiser conferir o selinho lá, pode acessar: o nome é Lolita B. (www.lolitabrecho.blogspot.com)
E sobre esse poema, fiquei super emocionada... e ele foi escrito no dia do meu aniversário, esse ano.
Boa sorte a você e à Flávia, vou participar então da blogagem também!
Beijinho às duas!

Related Posts with Thumbnails